Polícia busca ligação entre menina achada morta nos EUA e Madeleine

6 11 2007

O ‘bebê Grace’, como é chamado pela polícia, foi encontrado na semana passada.
Polícia dos EUA contatou a Interpol, mas diz ter confiança de não ser Maddie.

O corpo de uma garota encontrada morta por um pescador na semana passada dentro de uma caixa numa praia do Texas, nos Estados Unidos, passou a ser examinado pela polícia em busca de uma ligação com a informação de que Madeleine McCann, a menina inglesa desaparecida desde maio deste ano, pode ter sido levada para fora da Europa, segundo informações do jornal britânico “Times”.

A descrição da menina encontrada morta, chamada pela polícia de “Bebê Grace”, levou a polícia norte-americana a contatar a Interpol, o FBI e a polícia portuguesa a fim de considerar a possibilidade de ela ser Madeleine.

Os exames realizados no corpo de “Grace” mostram que ela foi morta pelo menos duas semanas antes de ser encontrada. Ela era branca, tinha entre 2 e 3 anos de idade e tinha cabelos longos e loiros ou marrom claro.

O xerife do condado de Galveston, onde o corpo foi encontrado, recebeu várias pistas de que a descrição da menina encontrada parecia com a de Madeleine, mas um porta-voz da polícia local disse que a investigação apontava não se tratar da menina inglesa.

“Temos confiança de que não seja ela”, disse o porta-voz. “Ainda estamos analisando os casos de pessoas desaparecidas na região. É um longo processo.”

O desaparecimento de Maddie completou seis meses no último sábado (3).  Segundo Francisco Marco, detetive contratado pelos pais da menina, Madeleine estaria no Marrocos. Marco, que é diretor da Agencia Metodo-3, afirma que não há nenhuma dúvida sobre a inocência dos McCann. “Meus especialistas conversaram com os McCann durante dez horas, e afirmaram que eles não estão escondendo nada”, declarou Marco.

Na sexta-feira (2), o jornal londrino ´´Evening Standart“ divulgou o resultado de novos testes de DNA que parecem apoiar a teoria de que os pais da menina poderiam estar envolvidos no caso. Ainda sobre as investigações, a polícia portuguesa voltará a interrogar o britânico Robert Murat, declarado suspeito do desaparecimento de Madeleine, afirmou na quarta-feira (31) o jornal ´´Daily Mirror“. O pai da menina, Gerry McCann, retornou ao trabalho na última quinta-feira (1) no Glenfield Hospital, em Leicester, região central da Inglaterra.

Fonte: http://www.globo.com / http://www.g1.com.br

moz-screenshot-2.jpg

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: